O homem e a passarinha, lição de vida

Um certo dia, há alguns anos atrás, um homem foi visitar um amigo. Lá chegando ele bateu em sua porta, a porta se abriu mas não foi o amigo ou sua mulher que estavam do outro lado e sim uma passarinha, pequenina estava ela muito triste, com uma das asas e uma patinha quebrada. O homem ficou consternado com o fato, pegou a passarinha e acariciou suas peninhas sem brilho, desmerecidas pelos maus tratos que recebia.

Então ele curou suas feridas e aos poucos ela foi ficando forte e bonita, retornando o brilho de suas peninhas e olhos, então aconteceu que ela o convidou para voar, o homem estava feliz e triste ao mesmo tempo, porque como ele poderia voar se não tinha asas para isto?

Então a sua tristeza momentânea acabou como num passe de mágica, ele viu que estava também com duas asas lindas e fortes, e sem pestanejar os dois alçarão um vôo espetacular, alegres e felizes em uma revoada frenética.

Então do nada surge um pássaro do paraíso e a convida para acompanha-lo, ela aceita e sai com este pássaro, em uma velocidade incrível, velocidade que o homem tentou acompanhar, porém sem sucesso perdeu as forças e caiu, se espatifando no chão.

Depois de um tempo ele pensou, “Mas eu sou um homem!” e levantou com dificuldade, correu ao espelho e viu que as asas estavam lá, então repentinamente sentiu a dor dos ferimentos, deitando em agonia ele finalmente percebeu que em troca do amor e alegria de ter salvo a passarinha, a vida havia o tratado de forma tão ingrata recebendo como recompensa dela somente o abandono e o desprezo, então suspirou e proferiu na agonia final seu ultimo pensamento “A vida não passa de um mal entendido trágico, por isto nada há a perguntar, porque não há nada a saber dela”

————-

Por favor, convido a todos os leitores que comentem sobre a sua interpretação da história.

18 comments ↓

#1 pablo on 04.11.09 at 4:48 pm

Muito bom pai!

Escritor ainda não tava na longa lista de atividades que tú já fez ao longo da vida…

abraços,

Pablo

#2 Marlon on 04.11.09 at 5:02 pm

olha so posso dizer que isso me fez refletir de forma filosoficamente profunda sobre o que eu anda fazendo com as minhas asas…

#3 Clau on 04.11.09 at 6:40 pm

Escritor agora heim?!?! Que bacana, vc escreve muito bem.. adorei!!! E os outros?? Vou esperar para ler.
bj

#4 Neide Regina on 04.12.09 at 5:06 am

Li e a lição que tiro daí é o amor, aquele que se dá incondicionalmente. Muito bom!
Lembro do texto do Livro de I Coríntios que diz: ” …agora vemos como em espelho, obscuramente: então veremos face a face. Agora, conheço em parte; então conhecerei como também sou conhecido.”
Que mais e mais vc tenha inspiração. Pois as obras são os galardões que deixamos.
Abraços

#5 Vanessa on 04.12.09 at 1:12 pm

Parabéns Polonia
Mto bom msm…uma lição de vida…
Deves continuar escrevendo sempre, precisamos de novos poetas para nos inspirarmos.

Beijos

#6 Gladis Maia on 04.12.09 at 6:21 pm

Salve amigo!
Sempre surpreendendo… De teus dotes artísticos eu sempre soube … e agora mais esta excelente utilização da palavra, para comover e fazer pensar no bem que faz o bem… Sucesso, querido, em mais esta empreitada!Beijos na tua alma! Namastê! Gladis Maia

#7 elvis bastos on 04.12.09 at 7:55 pm

primo vc é realmente soberano nasd coisas q faz
d nada se pode esperar, a recompensa é ter o coração
limpo e tranquilo…
um grande abraço e continua a nos alimentar com tuas obras divinas…

#8 mariahelena on 04.12.09 at 9:46 pm

Mercinho, independente de quem somos, de onde viemos e para onde vamos, li teus devaneios e o que tenho a te dizer é que, a única coisa que deixamos nesta vida é nossa história e só tu sabes a grande e brilhante história querealizou, realizas e realizarás. Continues sendo o que fostes e és e serás feliz. Abraços.

#9 Vini on 04.13.09 at 1:23 pm

“A vida não passa de um mal entendido trágico, por isto nada há a perguntar, porque não há nada a saber dela”

é uma ótima questão, pra que perguntas se não há (ou nao queremos que hajam) respostas ?

ótimo texto !

[]‘s

#10 Vera on 04.13.09 at 6:27 pm

Amigo, quanta saudade… Bom, mas estou aqui para comentar. Não é?
Adorei, é uma fábula que remete a fé… Em Deus, em nós mesmos, no mundo… Ótimo. Não bastasse ser um grande artista plástico, agora és um bom escritor. Fico cada vez mais orgulhosa de te ter como amigo.
abração

#11 Hedi on 04.14.09 at 4:46 pm

Caro amigo, parabéns pela crônica.
agora estou a refletir se estou usando minhas asas corretamente. Será que devo mudar minha forma de agir, pensar, encarar a vida de outra forma????
Abraços
Hedi

#12 lidiane bastos on 04.14.09 at 4:54 pm

Oi Mercinho querido,
linda história!
É realmente verdade.. Nada se sabe da vida, e tudo que acontece tem um motivo, um porquê. Mesmo que a gente não compreenda, o ‘cara lá de cima’ sabe oq faz. Só nos basta aceitar. “… nada há a perguntar, porque não há nada a saber dela”
Beijo grande!

#13 Mirtis Maria Valério on 04.15.09 at 5:24 am

Emerson, parabéns pela iniciativa de jogar no computador idéias, fugindo um pouco do seu cotidiano de produção artística. Um bom começo. Escrever também é criação. O conto tem sentido, tem conotação de preservação da natureza. Se não tivermos esta consciência vamos nos espatifar no chão, com certeza.
Até concordo que a vida é um mal entendido. No entanto, vai depender de nossas atitudes, das nossas opções para amenizar o trágico e buscar, cada um a sua verdade e tentar ser feliz.
Não desperdice suas idéias, escreva sempre.

Jornalista Mirtis Maria Valério
do Jornal Mensageiro de Medianeira

#14 Véio on 04.15.09 at 10:35 am

É isso aí, não existe recompensa, a injustiça é algo natural, o importante é preservar os amigos, ser egoísta na medida certa e garantir o seu, o resto que se foda. E sempre lembrar da frase de Nelson Rodrigues: Toda mulher gosta de apanhar. Todas não, só as normais.

#15 angela on 04.16.09 at 5:33 pm

Sabe primo querido que o ¨sangue¨ nos junta e parece que isso nos faz lembrar, amar, sentir saudades e ter medo de que qualquer cromossomo sofra; Como te falei fiquei chocada com a passarinha, embrulhou porque, não sei se escritor de estória, ou de hitória; imaginação ou sentimento… te amo

#16 Kelly Crisitina Bordin on 04.17.09 at 5:42 am

Nossa!!! muito boa a historia….isso faz refletir muito, sobre muitas atitudes que fazemos e naum percebemos!!!

#17 _en_k_p_tado on 04.18.09 at 4:43 pm

parabens muito bom,issu faz com que a pessoa reflita e pense melhor …em sua vida…..e com pessoas q realmente daum valor…continue assim q tudo fikara melhor,…abraçosss

#18 Enny on 04.21.09 at 6:09 pm

Eeh… assim é a vida.
Com encontros e desencontros… socorros e abandonos…
Vale lembrarmos sempre que atrás de uma sempre temos um ganho, embora pareça oculto.
Beijos…

Leave a Comment